Perfil
Reserve agora...
Suporte...
Social...
Mudar país...

As melhores ofertas em Gran Canária

Temos todos os destinos para as suas férias, uma ampla gama de serviços de viagens: voo+hotel, pacotes de férias, voo+hotel+rent-a-car..

Os destinos mais procurados... desde Lisboa

Pontes e Feriados a Gran Canária

Hotéis em Gran Canáriadesde

Filtre por Nome

Filtre por Categoria

Filtre por Avaliação

Filtre por Preço

235€
máx. 1.989€
1.989€

Filtre por Localidade

Mais opções
A mostrar hotéis de 1 - 10
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • »
Ifa Buenaventura
Ifa Buenaventura
Ifa Buenaventura
Ifa Buenaventura
Ifa Buenaventura Playa del Inglés
desde487€Voo+Hotel
7 Noites em Tudo incluído
7,5
Beverly Park
Beverly Park
Beverly Park
Beverly Park
Beverly Park Playa del Inglés
desde360€Voo+Hotel
7 Noites em Meia Pensão
7,0
Dunas Mirador Maspalomas
Dunas Mirador Maspalomas
Dunas Mirador Maspalomas
Dunas Mirador Maspalomas
desde455€Voo+Hotel
7 Noites em Tudo incluído
6,9
Gloria Palace San Agustin
Gloria Palace San Agustin
Gloria Palace San Agustin
Gloria Palace San Agustin
desde646€Voo+Hotel
7 Noites em Tudo incluído
7,8
Santa Catalina
Santa Catalina
Santa Catalina
Santa Catalina
Santa Catalina Las Palmas de Gran Canaria
desde683€Voo+Hotel
7 Noites em Meia Pensão
7,6
Aptos. Terraza Amadores
Aptos. Terraza Amadores
Aptos. Terraza Amadores
Aptos. Terraza Amadores
desde320€Voo+Hotel
7 Noites em Só alojamento
8,7
Aptos. Nido Del Aguila
Aptos. Nido Del Aguila
Aptos. Nido Del Aguila
Aptos. Nido Del Aguila
desde277€Voo+Hotel
7 Noites em Só alojamento
8,4
Gran Canaria Princess (Adults Only)
Gran Canaria Princess (Adults Only)
Gran Canaria Princess (Adults Only)
Gran Canaria Princess (Adults Only)
desde516€Voo+Hotel
7 Noites em Meia Pensão
8,0
Playa Del Ingles
Playa Del Ingles
Playa Del Ingles
Playa Del Ingles
Playa Del Ingles Playa del Inglés
desde404€Voo+Hotel
7 Noites em Tudo incluído
6,9
San Agustin Beach Club
San Agustin Beach Club
San Agustin Beach Club
San Agustin Beach Club
desde523€Voo+Hotel
7 Noites em Meia Pensão
8,6

Curiosidade|Um pequeno deserto à beira-mar

Um pequeno deserto à beira-mar

As dunas de Maspalomas em Gran Canária constituem um inédito mar de areia dourada criada à beira do Oceano Atlântico. Os ventos alísios sopram incessantemente todos os dias lhe dão uma forma diferente.

Mayte
Texto de:
Mayte
Publicado a:
08/08/2014 12:02:51
Etiquetasmaspalomas, gran canaria, dunas
As dunas à beira da praia
As dunas à beira da praia
As dunas à beira da praia
As dunas à beira da praia
As dunas à beira da praia

As dunas à beira da praia

As dunas de Maspalomas, no sul de Gran Canária, são uma das paisagens mais singulares da ilha. Todos os visitantes vêm conhecer este pequeno deserto com uma praia a seus pés.

Esculpidas pela força do vento que altera as suas formas constantemente, estas dunas são especialmente espectaculares quando o pôr do sol pinta a sua fina areia de tons ocre e vermelho. O entardecer é a melhor hora para entrar nestas dunas e encontrar uma absoluta paz no seu silêncio contido, quase agónico. Dá a impressão de encontrar-se praticamente no meio do Saara.

O toque vivo de cor é dado pelas tímidas e resistentes flores dos arbustos, a uva de mar, como um grito de sobrevivência no meio do deserto. Por outro lado, outros arbustos assomam por cima das dunas móveis aninham aves e servem de alimento para os lagartos.

É possível caminhar pelas dunas seguindo os três trilhos preparados, mas sem sair para não danificar o resto do ecossistema, já que estamos perante a Reserva Natural Especial das Dunas de Maspalomas, um sistema natural formado pelo charco, o palmeiral e por estas espectaculares pirâmides de areia que constituem um conjunto de enorme interesse paisagístico geomorfológico, botânico e faunístico, único no arquipélago.

A reserva é uma zona bem conservada, apesar do seu entorno estar seriamente ameaçado. Grande parte da flora e algumas das espécies ornitológicas que visitam as zonas húmidas deste espaço estão protegidas pela normativa nacional e regional. Também abundam as espécies de insectos relacionadas com a fauna africana (sabulícolas) que apenas se conhecem neste entorno.

Um percurso por este frágil ecossistema conduz em primeiro lugar ao charco, formado pela parte mais baixa do barranco de Maspalomas. É uma pequena reserva de água doce mas de grande importância porque nela habitam flora (algumas espécies endémicas) e fauna, y também recebe um grande número de aves migratórias. Muito perto estende-se o palmeiral, que apresenta dois tipos de espécies: as palmas autóctones canárias e as tamareiras africanas. Porém, e sem dúvida, o espaço mais conhecido é o das dunas, com cerca de 6 km de comprimento.

Ninguém podia imaginar que um deserto se poderia formar aqui, à beira do oceano Atlântico, entre o barranco de Maspalomas e o de Buenavista. A caprichosa Mãe Natureza foi criando-o com sedimentos marinhos e restos de moluscos que, através das correntes, chegaram arrastados até à praia. Mais tarde, os ventos alísios que sopram nesta zona transportaram-nos e foram-se depositando até criar esta decoração de dunas mutantes. Contudo, existem teorias que sugerem que este sistema foi criado pelo tsunami que originou o terramoto de 1755 de Lisboa.

O lugar convida a que se sente no vértice duma duna e ouça o murmúrio das ondas do mar, a apenas 50 metros, ainda que não se possam divisar. Outras vezes apenas poderá sentir o assobio de vento nos seus tímpanos enquanto tenta contar o número de silhuetas semilunares pode divisar no horizonte.

Os percursos começam na Playa del Inglés ou na Playa de las Burras até ao farol de Maspalomas, outro lugar emblemático onde se celebram as feiras de artesanato canário. Outra das opções é percorrer as dunas montado em camelo numa agradável travessia de pouco mais de uma hora.

Após escaladas as dunas é impactante chegar ao cristalino oceano essa sensação de abertura ao mundo. O estado de encanto desaparece quando o betão aparece à volta das praias de Maspalomas, onde há um enorme complexo turístico repleto de hotéis, lojas e parques temáticos com constante bulício ao longo de todo o ano.

A praia de Maspalomas nasce no Morro Besudo, uma falésia que entra no mar em forma de pequeno cabo. Passado este lugar veem-se do alto as urbanizações e a praia de San Agustín, que tem a sua continuação na Playa de las Burras. Mais ao fundo, está a Playa del Inglés, que adoptou o seu nome em honra a um solitário francês, intelectual e boémio (a quem chamavam “el inglés”) que se retirou neste paraíso há mais de meio século, quando ainda era território virgem. Dois lugares para refrescar-se depois da caminhada onde surfistas, banhistas e nudistas aproveitam para apanhar banhos de sol.

Poucos sabem que o lugar serviu outrora como zona de descanso e abastecimento para os navegantes y descobridores. O mais ilustre foi Cristóvão Colombo que, em 1502, se deteve neste mesmo lugar para abastecer-se de água e lenha antes de iniciar a sua quarta viagem rumo às Américas.

Ler artigo completo...

Localização

Artigos relacionados...